Ginasta tira 10 perfeito usando máscara e performance viraliza na internet

Emi Watterson, da Universidade da Califórnia, optou por fazer sua apresentação nas barras assimétricas usando a proteção e conseguiu a nota máxima. “Estou acostumada”

Há pouco mais de um ano, com o início da pandemia do novo Coronavírus, as máscaras passaram a fazer parte do dia a dia das pessoas em todo o mundo. Mas é provável que poucos tenham se adaptado tão bem à proteção quanto a ginasta australiana Emi Watterson, que compete pela Universidade da Califórnia. Na última semana, ela conquistou a internet ao tirar um 10 perfeito nas barras assimétricas enquanto usava o acessório.

A rotina impecável de Watterson rendeu a primeira nota máxima de sua carreira e foi o destaque do confronto com a UCLA – o vídeo da apresentação da ginasta já foi assistido mais de 550 mil vezes.https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?dnt=false&embedId=twitter-widget-0&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1368377871224299521&lang=en&origin=https%3A%2F%2Fgloboesporte.globo.com%2Folympicchannel%2Fnoticia%2Fginasta-tira-10-perfeito-usando-mascara-e-performance-viraliza-na-internet.ghtml&theme=light&widgetsVersion=e1ffbdb%3A1614796141937&width=550px

De acordo com a Universidade da Califórnia, as atletas são obrigadas a usar o acessório quando não estão competindo, mas a utilização durante as apresentações fica a cargo de cada ginasta. Como costuma treinar de máscara, Watterson escolheu reproduzir as condições durante a competição.

+ Ginasta encanta com tributo à excelência negra
+ Veja mais histórias do Olympic Channel

– Pensei que, como tenho treinado com a máscara o tempo todo, poderia ser um pouco estranho ou até desconfortável se tirasse na hora de competir – explicou Watterson, acrescentando que inicialmente custou a se adaptar a praticar o esporte de máscara.